Comunicado de Imprensa

Lisboa, 24 de junho 2015 – Realiza-se hoje, em Lisboa, o primeiro dos dois dias de Encontros Regionais do CDI Apps For Good. Neste evento, as equipas de alunos das 16 escolas que participaram no projeto-piloto vão ter a oportunidade de mostrar ao público as aplicações que desenvolveram até ao momento.

O CDI Apps For Good nasceu no Reino Unido há 4 anos e conta atualmente com cerca de 470 escolas e 22.000 alunos. Este ano, foi lançado em Portugal o primeiro projeto que envolveu cerca de 300 alunos, 32 professores e 16 escolas.

Mohima Ahmed que já participou do programa piloto no Reino Unido e que lhe permitiu criar a já conhecida aplicação Transit – um tradutor de bengali-inglês facilitador nas conferências entre professores e pais – estará em Portugal para partilhar a sua experiência com os alunos e professores portugueses. Segundo Mohima “é uma sensação única poder partilhar com os alunos portugueses a minha experiência de um programa que mudou o percurso da minha vida.”

Serão escolhidas as três melhores aplicações por um júri constituído por representantes dos parceiros do CDI Apps for Good em Portugal.

Hoje, 24 de Junho, entre as 15h00-17h00, a Escola Seomara da Costa Primo na Amadora vai receber todos os alunos e professores da região Centro-Sul. Amanhã, 25 de Junho, à mesma hora, será a vez da escola do Cerco, no Porto, acolher todas as escolas da região Norte.

 

CDI Apps For Good – Um projeto global

O CDI Apps for Good tem como objetivo estimular e capacitar jovens a perceberem e aplicarem o potencial da tecnologia para transformar o mundo e, em particular, as comunidades nas quais se inserem. Neste âmbito, disponibiliza aos jovens o acesso às mais recentes e inovadoras soluções, orientando-os no desenvolvimento de competências tecnológicas e estimulando a criação das suas próprias aplicações.

Integrado no programa curricular em escolas do Reino Unido, onde o projeto tem origem, o CDI Apps for Good disponibiliza ainda aos jovens uma plataforma online, a partir da qual os alunos têm a possibilidade de interagir com profissionais como designers, programadores e empresários, que voluntariamente partilham o seu conhecimento e orientam no desenvolvimento de ideias empreendedoras.

O projeto CDI Apps for Good, pretende impactar ao longo dos próximos 3 anos mais de 190 mil alunos em cerca de 4000 escolas, transformando o futuro do ensino e desenvolvendo uma nova geração de empreendedores tecnológicos em todo o mundo.

Em Portugal, pretende-se atingir cerca de 150 escolas e 6.000 alunos nos próximos 3 anos.

CDI Apps For Good – Um projeto apoiado por parceiros notáveis

Em Portugal este projeto só foi possível com o apoio da Direção-Geral da Educação, contando com a Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação EDP e Microsoft como principais financiadores. A Associação Nacional de Professores de Informática e a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações acompanham o projeto como parceiros Institucionais garantindo a ligação do programa ao mundo profissional. A Fundação PT, um dos principais parceiros do CDI Portugal, associou-se à realização dos eventos.

Sobre o CDI Portugal

O CDI é uma organização não-governamental fundada no Brasil em 1995 por Rodrigo Baggio com a missão de mobilizar pessoas e transformar comunidades através das Tecnologias de Informação e Comunicação para uma maior cidadania e qualidade de vida. Em 2013 é fundado o CDI Portugal, com uma metodologia única e adaptada ao contexto nacional, de inclusão e inovação social através da utilização da tecnologia. Em Portugal o CDI conta com parceiros como a Microsoft, Fundação PT, Fundação EDP, PWC, Egon Zehnder e SRS Advogados.

 

Links úteis:

Priscila Andrade