Quem somos?

Somos uma organização não-governamental fundada em 1995 por Rodrigo Baggio no Brasil. Acreditamos que as tecnologias da informação e comunicação podem ser um meio eficaz para mobilizar e transformar as vidas das comunidades mais desfavorecidas em Portugal. Queremos promover a inclusão social, a literacia digital, a construção e o exercício da cidadania ativa de forma sustentável e duradoura.

Solidariedade, transparência, equidade, inovação e excelência – são estes os valores a que o CDI Portugal se compromete a apropriar.

 

Como fazemos?

Os Centros de Inclusão Digital do CDI Portugal são o nosso principal veículo de atuação em contextos socioeconomicamente desfavorecidos, que se apropriam da nossa metodologia única que nos permite ir para além da actuação de uma entidade formadora.

Até ao momento temos 842 Centros de Inclusão Digital existentes no mundo e espalhados por 15 países: Brasil, Chile, Colombia, Espanha, Estados Unidos, México, Portugal, Venezuela, Inglaterra, País de Gales, Irlanda, Escócia, Polónia, Roménia e Letónia .

Existimos para criar agentes de mudança com vista a melhorar a vida das pessoas nas comunidades.

A quem é que chegamos?

A todas as comunidades que sofrem de exclusão social, económica e digital. Enquanto públicos específicos, chegamos a prisões, minorias étnicas, portadores de deficiência e portadores de doenças mentais.

Em 2013 mais de 1200 jovens foram beneficiados, dotando-os de competências tecnológicas, gerando condições de empregabilidade e apoiando, em simultâneo, o desenvolvimento de ideias e negócios empreendedores. A nossa grande ambição é gerir uma rede de centros de inclusão digital em todo o país, ampliando a nossa intervenção a escolas, prisões e outras entidades.

 

Qual a nossa ambição?

Queremos desenvolver e gerir uma rede de centros de inclusão digital com a nossa própria metodologia – escolas, prisões e outros locais onde a tecnologia possa renascer e abrir novas oportunidades para as comunidades excluídas socialmente. Pretendemos, assim, criar projectos de referência que influenciam o futuro do nosso país, por forma a ampliarmos o conceito de inclusão digital como uma integração entre educação, tecnologia, cidadania e empreendedorismo com vista à transformação social.

Desejamos rapidamente construir uma imagem séria e de qualidade a fim de nos tornarmos numa ONG de referência no Terceiro Sector em Portugal.

Prémios

Recebemos mais de 60 prémios:

  • O CDI foi eleito uma das 85 melhores empresas para o mundo em 2014, segundo a lista “B Corp Best for Communities”, publicada anualmente pelo B Lab.
  • Em 2011 e 2012, foi nomeada uma das 100 melhores ONGs do mundo pelo Global Journal
  • Rodrigo Baggio, fundador do CDI, foi nomeado um dos “100 líderes globais do futuro” pelo Fórum Económico Mundial
  • Em 2014 foi premiado no World Entrepreneurship Forum em Lyon, França, com o prémio Social Entrepreneur pelo seu exemplo de empreendedorismo social que tem desenvolvido com o CDI.
  • Primeiro empreendedor social reconhecido pela Ashoka, Avina, Schwab e Skoll Foundations
  • Em 2006 foi selecionado pela CNN, Time & Fortune como uma das “Principais vozes do Desenvolvimento Económico”