Trata-se de uma campanha de sensibilização contra o abandono escolar.
Carlos, Diogo, Cláudio (conhecido pelo “Kara”), João e Luís (“TóVida”) – são jovens entre os 19 e os 22 anos e, na sua maioria, conhecedores da realidade que é desistir da escola em tenra idade. São eles que dão vida a esta campanha que chegou até sete turmas do 6º ano da escola EB 2/3 D. José I do Agrupamento de Escolas do Alto do Lumiar, nos dias 15 e 16 de Dezembro.

No decorrer da metodologia do CDI, segundo o Cláudio, “fomos para as ruas com máquinas fotográficas e câmaras na mão para perceber quais os problemas do nosso bairro”.

“Encontramos vários mas focamo-nos naquele que consideramos o maior: o abandono escolar” – Carlos

E, a partir daqui, surgiu um video produzido pelo grupo, que espelha duas realidades distintas: uma em que um jovem desiste da escola para fazer outras coisas (brincar, namorar, descansar…) e um outro jovem que se dedica verdadeiramente à escola. Anos mais tarde, estes dois jovens voltam a encontrar-se mas em posições económicas e sociais realmente contrastantes, dada a decisão que, outrora, tomaram.

A ambição destes jovens é a de continuar a campanha de sensibilização “Sou fixe, não abandono a escola” pelas turmas do 5º ano, desta mesma escola, e levá-la a muitas mais escolas do país.

Priscila Andrade